Visto Habilidades Extraordinárias EB-1

Por RALF FURTADO.

O EB-1 é oferecido em três categorias e todos os detalhes e requisitos estão descritos no site oficial do serviço de imigração. “A mais comum é para executivos de multinacionais transferidos para os Estados Unidos”.

LEIA TAMBÉM: Visto de Turista – B1 / B2

LEIA TAMBÉM: Visto – O-1A Profissionais do Esporte

LEIA TAMBÉM: Visto E-2 Investidores




A segunda categoria é para professores e pesquisadores de destaque acadêmico internacional. É necessário ter uma publicação em sua área de pesquisa, além de três anos de experiência como professor ou em pesquisa”, entre outros requisitos, é claro.

E o terceiro tipo é ainda mais raro para as pessoas que têm habilidades extraordinárias. “Pode ser, por exemplo, um cientista reconhecido que tenha várias patentes, que faça palestras em outros países.

VIDA EUA: Como viajar dentro dos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

Grandes advogados, com participação em painéis internacionais, ou médicos inovadores e de renome também podem pedir o visto, caso queiram morar nos Estados Unidos. É que, além de ciência, profissionais de grande destaque nas áreas de artes, educação, negócios e esportes também são elegíveis. Obviamente que em todos os casos é preciso saber falar inglês.

é preciso preencher no mínimo três dos 10 pré-requisitos: “Os bem-sucedidos na análise de mérito são pessoas com habilidades extraordinárias (vencedores de prêmios internacionais, atletas ou técnicos reconhecidos); professores ou pesquisadores que comprovem sua relevância para a comunidade acadêmico-científica; e executivos de multinacionais”.

O processo é divido em três fases, pode custar até US$ 25 mil e dura em média dois anos – tempo que pode ser reduzido em até 12 meses mediante o pagamento de uma taxa de urgência no valor de US$ 1.200.



A primeira fase do processo consiste na entrega ao USCIS (United States Citizenship and Immigration Services) de um dossiê com as comprovações de mérito, que pode aprovar, exigir mais informações ou até negar o pedido de entrada via EB-1. Já na segunda fase, o National Visa Center solicita mais documentos pessoais, antecedentes criminais e uma avaliação física com um profissional credenciado – etapa que leva em torno de um ano para ser finalizada. A terceira e última fase, por sua vez, compõe-se de uma entrevista no consulado americano do Rio de Janeiro.

Confira, abaixo, a lista de requisitos do USCIS serviço de imigração americano, para conceder o visto EB-1 a estrangeiros:

1- Recebimento de prêmios nacionais ou internacionais, ou reconhecimentos pela excelência em sua área de atuação.

2- Participação em associações que exijam habilidades excepcionais de seus membros.

3- Material publicado sobre a pessoa em publicações especializadas ou outros grandes meios de comunicação.

4- Participação em julgamentos do trabalho de outras pessoas, individualmente ou em um painel.

5- Contribuições científicas, acadêmicas, artísticas, atléticas ou comerciais de grande importância para a comunidade.

6- Autoria de artigos acadêmicos em publicações especializadas ou nos grandes meios de imprensa.

7- Trabalhos exibidos em exposições artísticas ou vitrines.

8- Atuação de um papel importante ou crítico em organizações ilustres.

9- Evidências de que a pessoa obtém um alto salário ou outra remuneração significativamente alta em relação a outros de sua área de atuação

10- Sucesso comprovado em performances artísticas


VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

os mais lidos858 times!

COMPARTILHAR