Polícia mata homem que dizia estar armado em hospital de Orlando

Por Agencia EFE.

Nenhum armamento foi encontrado. Homem havia ameaçado atirar contra quem se aproximasse e segundo a polícia, ele teria feito um movimento suspeito.

LEIA TAMBÉM: Ataque a tiros deixa dez feridos em condomínio nos EUA

LEIA TAMBÉM: Mãe atira no próprio filho que se recusou a ir à escola em Detroit

LEIA TAMBÉM: Turista dos EUA se recusa a ser atendido por negros no RJ

Policiais vão a hospital em que homem fez ameças nesta segunda-feira (1º) em Orlando, nos EUA. (Foto: Jacob Langston/Orlando Sentinel via AP)

A polícia de Orlando, nos Estados Unidos, matou nesta segunda-feira (1º) um homem chamado que dizia estar armado e ameaçou atacar quem se aproximasse dele em um hospital da cidade. Os agentes dispararam quando o homem fez um movimento suspeito e parecia sacar uma arma, segundo a polícia. No entanto, não foi encontrado nenhum armamento. Nenhuma outra pessoa ficou ferida no incidente.

O homem chamado Brian Baker, tinha 33 anos e foi levado ao local por um problema de saúde.

Investigadores disseram na segunda-feira à tarde, que Brian tinha um a passagem de ônibus mostrando que ele estava indo de West Palm Beach para o Kentucky e estava em Orlando devido a uma parada do ônibus.

Brian Baker tinha uma passagem de ônibus de West Palm Beach para Kentucky, dizem os policiais, antes que os policiais atirassem e o matassem no Orlando Regional Medical Center. (Foto-Polícia de Orlando)

O incidente começou por volta das 6 da manhã no pronto-socorro do Orlando Regional Medical Center, quando o homem disse aos funcionários do hospital que tinha uma arma e iria atirar contra quem se aproximasse. A polícia foi acionada e enviou negociadores e mais de 20 viaturas ao local.

Segundo o chefe da polícia de Orlando, John Mina, as autoridades investigarão a atuação de três agentes, que, enquanto isso, entrarão em licença remunerada.

A sala de emergências do hospital foi fechada enquanto a situação era resolvida. As outras áreas do hospital não foram afetadas e operavam normalmente

A polícia tinha pedido aos cidadãos que não fossem ao hospital.

Veículo blindado vai nesta segunda-feira (1º) a hospital de Orlando em que homem fez ameaças. (Foto: Jacob Langston/Orlando Sentinel via AP)


VIDA EUA: Nos Estados Unidos, existe preconceito com brasileiros?

VIDA EUA: 3 coisas que se aprende em 5 anos nos Estados Unidos

os mais lidos161 times!

COMPARTILHAR