Jogador da MLS se declara homossexual e quebra tabu nos Estados Unidos

Por Extra.

O meia norte-americano Collin Martin, do Minnesota United, tornou pública sua homossexualidade, nesta semana. Ele é o único jogador gay das cinco ligas profissionais dos Estados Unidos. Em uma publicação no Twitter, o atleta posou abraçado com uma bandeira LGBT+ e agradeceu aos companheiros de equipe pelo apoio.

LEIA TAMBÉM: DC United anuncia a contratação do atacante inglês Wayne Rooney

LEIA TAMBÉM: Emprestado pelo Flu, Luiz Fernando “vira” Maximiano no Minnesota United

LEIA TAMBÉM: Flamengo vem a Orlando enfrentar o Magic em Outubro

Collin Martin, do Minnesota United, anunciou que é gay no mesmo dia do anual orgulho de sua equipe (Foto: Shaun Clark / Getty Images)

“Esta noite, meu time, o Minnesota United, terá sua noite do Orgulho. É uma noite importante para mim – anunciarei pela primeira vez publicamente que sou um jogador gay na Major League Soccer”, diz a nota.

Segundo Martin, sua sexualidade não era um segredo para família, amigos e companheiros de time, que sempre deram suporte ao atleta. Atualmente, não há outro atleta publicamente homossexual em nenhuma das outras quatro ligas profissionais norte-americanas (NBA, NHL, NFL e MLB). A NBA, porém, já teve Jason Collins, ex-jogador do Boston Celtics, que se aposentou das quadras em 2014.


No Minnesota United, Martin joga ao lado do meia Ibson, que teve três passagens pelo Flamengo, clube pelo qual foi revelado.

VIDA EUA: Você sabe o que é uma Soccer Mom?

VIDA EUA: As maiores diferenças do futebol infantil nos Estados Unidos e no Brasil

os mais lidos60 times!

COMPARTILHAR