Funcionário da Fedex encontrado morto congelado

Por Alex Lasker.

A polícia de Illinois disse que o frio tem um papel foi o causador da morte de um funcionário da FedEx, cujo corpo foi encontrado do lado de fora de um centro de distribuição em East Moline, na manhã desta quinta-feira.

LEIA TAMBÉM: …e a neve chegou à Flórida

LEIA TAMBÉM: Onda de frio avança pelos EUA e deixa 11 mortos em 24 horas

LEIA TAMBÉM: Brasileira relata desespero na fuga dos incêndios de Los Angeles

O capitão Darren Gault, do Departamento de Polícia de East Moline, disse que a vítima de 69 anos foi descoberta entre dois semirreboques do lado de fora da centro de carga, por outro funcionário da FedEx por volta das 9h30 da manhã.

O juiz do Condado de Rock Island, Brian Gustafson, disse que a causa da morte é desconhecida, mas acrescentou que nenhuma opção foi descartada. Uma autópsia está marcada para o dia 4 de fevereiro, segundo a WQAD.

Em um comunicado fornecido à AOL News, a FedEx disse: “Estamos tristes com a perda do membro de nossa equipe e nossas condolências vão para sua família e amigos. Estamos trabalhando em conjunto com as autoridades locais durante as investigações”.

As temperaturas em todo o centro-oeste dos Estados Unidos caíram muito abaixo do nível de congelamento nesta semana, existem certas regiões que estão registrando temperaturas que chegam à menos de 70 graus Fahrenheit. Um vento frio de apenas menos 25 pode congelar a pele dentro de 15 minutos.

Mais de 12 mortes já foram relacionadas ao frio histórico, incluindo um estudante de 18 anos da Universidade de Iowa que foi encontrado sem vida do lado de fora do prédio do campus na manhã de quarta-feira.

VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos


os mais lidos486 times!

COMPARTILHAR