Estado da Virgínia elege primeira candidata transexual dos EUA

Danica Roem obteve 55% dos votos, derrotando o representante republicano em final de mandato Robert Marshall, um conservador oposto aos direitos LGBT.

Danica Roem nasceu há 33 anos, sob o nome de Dan. (AFP)

A candidata democrata Danica Roem se tornou nesta terça-feira a primeira transexual a ser eleita legisladora nos Estados Unidos, para a Assembleia do estado da Virgínia.

Segundo resultados praticamente definitivos, Roem, 33 anos, obteve 55% dos votos, derrotando o representante republicano em final de mandato Robert Marshall, um conservador oposto ao reconhecimento dos direitos da comunidade LGBT e que se negava a tratar sua adversária como uma mulher.

LEIA TAMBÉM: LeBron James desabafa: “Ser negro nos Estados Unidos é difícil”

LEIA TAMBÉM: Neonazista remove tatuagens de suástica e abandona grupo Skinhead após improvável amizade

LEIA TAMBÉM: Nos Estados Unidos, existe preconceito com brasileiros?



Marshall ocupava uma cadeira na Assembleia há 26 anos.

Danica Roem será a primeira pessoa transgênero a ocupar uma cadeira em assembleia legislativa nos EUA, representando um pequeno distrito próximo à cidade de Manassas.

Victory Fund, organização que financia candidaturas LGBT, confirmou que a jovem será a primeira pessoa trans em uma Assembleia nos 50 estados da União.

Roem, uma ex-jornalista, evitou trazer para a campanha a questão LGBT e apresentou uma plataforma voltada para questões locais, como os problemas de trânsito em seu distrito.

“Apenas um punhado de pessoas disse (…) que não votaria em mim porque sou trans”, revelou Roem à AFP em outubro.

Por AFP


VIDA EUA: Como viajar dentro dos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

os mais lidos620 times!

COMPARTILHAR