Conca está na mira da MLS, mas avalia propostas sem pressa

Por Ivan Raupp.

Meia que está em Miami, segue treinando com o preparador físico Ronaldo Torres. Caso não acerte com um clube por agora, ele deve receber propostas para voltar à China quando janela de lá reabrir, em junho.

LEIA TAMBÉM: Flávio Augusto explica como tornou o Orlando City um dos mais valiosos das Américas.

LEIA TAMBÉM: Emprestado pelo Flu, Luiz Fernando “vira” Maximiano no Minnesota United

LEIA TAMBÉM: Vale a pena tentar a vida como jogador de futebol profissional nos Estados Unidos

Imagem de Conca quando foi apresentado ao Flamengo em Janeiro de 2017, com uma remuneração quase simbólica. (Imagem-Flamengo)

Faz praticamente um mês e meio que Darío Conca rescindiu contrato com o Shangai SIPG, da China, e ficou livre no mercado, mas ele ainda não tem o futuro definido. O argentino de 34 anos está treinando por conta própria em Miami (EUA), onde tem casa, e recebeu recentemente sondagens fortes de clubes americanos. Nada concreto, no entanto. Alguns times do Brasil e da Argentina também buscaram informações sobre salário, entre outras coisas. Enquanto isso, o meia avalia a situação sem pressa, conforme apurou o GloboEsporte.com.

A chance de jogar nos EUA surgiu com força e tem a vantagem da janela de transferências, que está aberta por lá até o dia 1º de maio. Nesse sentido, Brasil e Argentina também são possibilidades neste momento. Conca também vê com bons olhos um retorno à China, mas a janela está fechada e só reabre em 18 de junho. Por isso ele não tem pressa, pois provavelmente receberá propostas do país asiático.

Nos EUA, Conca está treinando com o preparador físico Ronaldo Torres, ex-Fluminense e Flamengo. De acordo com Torres, o meia está 100% fisicamente, enfim recuperado dos problemas no joelho esquerdo e pronto para iniciar os trabalhos normalmente no clube que escolher.

Darío Conca está sem clube, treinando nos EUA (Foto: LIU JIANMIN / IMAGINECHINA / AFP)

– O Conca está pronto para jogar. Ninguém sabe a condição dele, mas eu sei. As pessoas têm muito aquela imagem antiga, do ano passado. Hoje ele está bem, já pode treinar com o grupo e jogar. Não precisa mais de trabalho específico por conta das cirurgias no joelho, nada. Estamos trabalhando muito forte com impulsão, velocidade, e o joelho nunca teve problema ou inchaço – disse o preparador, por telefone.

“Ele está 100%” (Ronaldo Torres, preparador físico)

O argentino havia retornado ao Shanghai SIPG em dezembro, após um ano emprestado ao Flamengo, mas foi cortado da Liga dos Campeões da Ásia e não chegou a disputar jogos oficiais. Esteve recentemente apenas em um amistoso com o Al Khaleej, dos Emirados Árabes – vitória por 6 a 0 -, onde participou dos 45 minutos finais.

Mesmo que pouco, isso foi mais do que ele conseguiu em quase 12 meses de Fla. Conca, que chegou para terminar a recuperação de uma ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo, teve dificuldades na parte física e jogou somente 27 minutos, distribuídos em três partidas.

VIDA EUA: Você sabe o que é uma Soccer Mom?

VIDA EUA: As maiores diferenças do futebol infantil nos Estados Unidos e no Brasil

COMPARTILHAR