Candidato a prefeito acredita em notícia falsa e diz que vai treinar coelhos para farejar drogas

Um jornal de humor publicou uma notícia em tom de comédia e um candidato a prefeito acreditou e disse que iria utilizar os coelhos caso fosse eleito.




O candidato a prefeito acreditou em uma foto montagem de brincadeira feita em 1° de Abril em uma página policial do Facebook.

Um candidato a prefeito de Phoenixville, cidade localizada na Pensilvânia, nos Estados Unidos, acreditou em uma notícia falsa difundida pela internet e passou vergonha ao anunciar que, se eleito, compraria coelhos farejadores de drogas para o departamento de polícia do município.

LEIA TAMBÉM: Visitantes confundem óculos no chão como obra de arte no San Francisco Museum of Modern Art

LEIA TAMBÉM: Bêbado é preso e diz que viajou no tempo para alertar sobre invasão alienígena

LEIA TAMBÉM: Policial atira em ator vestido de ladrão em Indiana

Quando divulgou sua ideia, muita gente achou que o republicano Dave Gautreau estava brincando. Mas, o político foi apenas mais uma vítima das notícias falsas.




“Eu falei bem sério. Não faria uma piada sobre o coelho e não acreditasse que era verdade”, afirmou o candidato, segundo o jornal “The Inquirer”.

A história do coelho farejador surgiu como uma piada de 1º de abril feita pelo departamento de polícia de Amherst, Nova York, nas redes sociais em 2016. A página de sátiras People of Lancaster também publicou que a cidade de Lancaster estaria comprando os tais animais.

(Jornal People of Lancaster) LANCASTER, PA – O Departamento de Polícia da Cidade de Lancaster recebeu aprovação para comprar quatro coelhos farejadores de drogas. Os coelhos farão parte de uma nova Unidade de Coelho de Drogas.

Gautreau afirmou que quer combater as drogas em Phoenixville, mas que cães farejadores são muito caros e não se encaixariam no orçamento da cidade. O político ouviu alguém falar sobre como Lancaster estaria usando coelhos para fazer esse tipo de serviço.

O candidato, então, disse ter ligado para a prefeitura de Lancaster e foi atendido por uma mulher, cujo nome ele não se lembra, que teria confirmado que a cidade estaria usando coelhos farejadores.

“Ele me pareceu convincente, mas eu deveria ter feito uma busca no Google sobre essa história”, disse Gautreau.

O departamento de polícia de Lancaster afirmou ser improvável que alguém da cidade tenha confirmado a história do coelho.

Por UOL


VIDA EUA: Nos Estados Unidos, existe preconceito com brasileiros?

VIDA EUA: 3 coisas que se aprende em 5 anos nos Estados Unidos

os mais lidos508 times!

COMPARTILHAR