Agredida nos EUA, brasileira faz desabafo

Por Fantástico.

Brasileira agredida pelo ex-namorado nos EUA posta fotos e diz: ‘Isso não é amor’.

LEIA TAMBÉM: Turista dos EUA se recusa a ser atendido por negros no RJ

LEIA TAMBÉM: Homem negro rebate comentário racista de mulher em fila no aeroporto na Virginia e arranca aplausos

LEIA TAMBÉM: Nos Estados Unidos, existe preconceito com brasileiros?

‘Quero ajudar as mulheres que estão presas nessa situação, porque eu não estava conseguindo sair dela’, explicou Melissa Getz.

Melissa Gentz, de 22 anos, mora em Tampa, cidade no estado da Flórida, nos Estados Unidos, onde estuda biologia. Há uma semana ela foi agredida violentamente por seu ex-namorado Erick Bretz. Melissa postou vídeos nas redes sociais denunciando as agressões e o caso viralizou. Ela conta que era completamente apaixonada por ele, uma coisa de criança, segundo disse. “Eu queria estar com ele, mas ele era tão inseguro que ele não conseguia acreditar. Nada mudava esse ciúme doentio dele”, disse ao Fantástico. Melissa explicou que postou as fotos porque queria ajudar as mulheres que estão presas nessa situação, “porque eu não estava conseguindo sair dela”.

Advogados do jovem dizem que vão processar Melissa

Os advogados de Erick Bretz nos Estados Unidos afirmaram, em nota encaminhada, que o jovem é inocente, que Melissa Gentz é a verdadeira agressora e que ela teria atacado Erik. Disseram, ainda, que ela será processada por ações caluniosas e difamatórias. Erick, de 25 anos, é suspeito de ter agredido a estudante Melissa, de 22, na madrugada de domingo, 23 de setembro.

VIDA EUA: Como morar barato nos Estados Unidos

VIDA EUA: Os 10 maiores obstáculos para brasileiros que mudam para os Estados Unidos

os mais lidos182 times!

COMPARTILHAR